POLÍCIA MILITAR ENCONTRA PÉS DE MACONHA CULTIVADOS EM QUINTAL DE CASA EM DISTRITO DE INHAPIM

Admin V3 Dezembro 07, 2020

POLÍCIA MILITAR ENCONTRA PÉS DE MACONHA CULTIVADOS EM QUINTAL DE CASA EM DISTRITO DE INHAPIM

INHAPIM (MG) - Os pés de maconha foram encontrados pela Polícia Militar após informações anônimas. Segundo a PM, as plantas estavam sendo cultivadas no quintal de uma residência localizada em São José do Rio Preto, distrito de Inhapim. A apreensão das plantas de maconha ocorreu durante o sábado (05/12).

Tenente Christófori destacou que a Companhia da PM de Inhapim iniciou na sexta-feira (04) uma operação voltada à valorização da vida e o tráfico de drogas está entre os crimes que os militares estão focados em combater a fim de evitar outros delitos em decorrência da comercialização de entorpecentes.

"A gente sabe que acaba sendo um carro chefe para outros crimes. Pequenos furtos, roubos e até mesmo crimes contra a pessoa. Homicídios, ameaça e lesão corporal. Então, o tráfico sendo um carro chefe, nós demos prioridade para isso e recebemos várias informações de cultivo de drogas para o comércio, mais precisamente maconha, no distrito de São José do Rio Preto. Então, com as informações anônimas que nós recebemos, montamos uma operação e localizamos as residências dos denunciados. E com um deles, nós logramos êxito em localizar no quintal 18 pés de maconha. Com outro indivíduo, nós conseguimos encontrar na casa dele, mais um pé de maconha. Ou seja, as informações que nós tínhamos foram confirmadas", disse o tenente.

Diante dos fatos, os dois suspeitos, de 36 e 30 anos, foram presos em flagrante e conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Caratinga.

"A gente destaca mais uma vez a participação da comunidade com as denúncias anônimas e o nosso compromisso de averiguar toda a informação que chega para a PM relativas a quaisquer crimes na área de cobertura da nossa companhia", completou o tenente.

Os suspeitos ficaram à disposição da Polícia Civil para as demais providências do delegado de plantão. "Com quem nós localizamos a quantidade maior, que são 18 pés de maconha no quintal de sua residência, ele alegou desconhecer que se tratava de maconha", informou o PM.

Ainda de acordo com a PM, os dois são constantemente denunciados pela prática de tráfico de drogas no distrito. "Um deles tem registro policial por posse de substância entorpecente. À época, alegado para uso pela quantidade, mas hoje nós logramos êxito em tirar de circulação essa droga que já havia indício que estava sendo, inclusive, coletada. Já estavam fazendo a retirada e a manipulação para a venda dela", finalizou o oficial.

Informações: TV Sistec (Caratinga).

Compartilhar